RSS

Estrelinha e a páscoa


Estrelinha e a Páscoa!!!
Em uma Fazenda muito bonita, nasceu Estrelinha; uma ovelhinha branca com a lã bem fofinha; ela era bem pequena e passava muito tempo dormindo junto com a mamãe.

Quando Estrelinha acordava, ela gostava de brincar com suas amiguinhas Floquinho e Pupi; elas brincavam de pega-pega, apostavam corrida e quando se cansavam, paravam para beber água limpinha.

Certo dia quando as três estavam brincando viram um bicho todo arrepiado, estava passando e quase atropelou a floquinho. Ui! Cuidado! Não vê onde anda? _Oh! Desculpe-me, é que estou com tanta pressa! Se não tomar cuidado vai acabar atropelando algum bicho por ai! Disse Estrelinha. Desculpe-me de novo, mas é que tenho que apressar, pois a páscoa está chegando e eu preciso entregar muitos ovos por ai! Até breve! E assim o coelho saiu correndo! Ei espere seu coelho, o Sr. Não nos falou o que é a páscoa! Disse Pupi, Mas o coelho já ia longe. As três ovelhinhas ficaram muito curiosas e lá se foram para perguntar a Dn. Ovelha o que era aquilo “páscoa” e “ovos” quando perguntaram Dn. Ovelha respondeu:

-Bom eu ia mesmo falar-lhes sobre a páscoa, que é uma data muito especial. Sentem-se perto de mim para ouvir esta linda história. Há muito tempo atrás havia um rei mau que castigava o povo de Deus, ele obrigava o povo trabalhar como escravos. O povo de Deus eram os Israelitas e os q1ue serviam ao rei malvado eram os egípcios. Mas Deus amava o seu povo e decidiu liberta-los para que não fossem mais escravos. Então Ele castigou os egípcios, nove vezes, mas eles continuavam a maltratar os israelitas;

Foi ai que Deus mandou o último castigo, o décimo; foi um castigo terrível, Deus iria matar todos os filhos mais velhos de cada família!

-Oh! Que horror, falou estrelinha se encolhendo toda. E mamãe continuou: Só que Deus amava o seu povo, então deu uma ordem, cada família deveria matar um cordeiro e passar o sangue na porta de sua casa, assim ninguém da casa iria morrer. Os Israelitas obedeceram e nenhum dos seus filhinhos morreu. Eles foram libertos da morte! A partir daí, todo ano o povo de Deus sacrificava uma ovelha para ser liberto dos seus pecados.

Puxa mamãe! Então nós também vamos morrer? Seremos sacrificadas?Não! Disse a mamãe sorrindo; isso não é mais necessário, pois Deus mandou seu filho Jesus que nasceu lá em Belém; Ele era um nenezinho bem pequeno, mas cresceu e um dia Ele foi crucificado.

Agora não é preciso sacrificar mais nenhuma ovelha, Jesus libertou todas as pessoas da morte. Quando Ele próprio morreu na cruz do calvário pagando o preço do pecado, aquele que tem Jesus no coração está livre do pecado.

“Jesus é cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”

Estrelinha começou a chorar e disse: Puxa, esta é a história mais triste que já ouvi! Porque minha filha? Porque Jesus está morto. Não! Ele vive! Ele não ficou morto, ao terceiro dia Jesus ressuscitou para dar a cada pessoa, cada criança, uma vida nova!

Que maravilha! Então a páscoa é linda, é a libertação que Jesus nos deu quando morreu como ovelha e depois ressuscitou! – Sim e cada criança pode tê-lo no coração e ganhar o presente que Ele nos oferece que é o céu.

Foi neste momento que todas as ovelhinhas estavam com lágrimas nos olhos de alegria, mas ouviram um chorinho, era o coelhinho que estava escondido e ouvia toda a verdadeira história da páscoa. Puxa! como estou envergonhado! Estou ensinando coisas erradas; a páscoa não é do coelho a dos ovos de chocolate, mas é de Jesus, o cordeiro de Deus que morreu e ressuscitou para tirar o pecado do mundo!

_Sim, disse Dn. Ovelha, e devemos nos lembrar disso com coração cheio de gratidão e alegria porque Jesus é a verdadeira Páscoa para todos! Eu preciso contar isso para os meus amigos! Disse o coelhinho, se não, eles não vão saber sobre a páscoa de Jesus.

_Nós vamos ajudar você, disseram Estrelinha, Floquinho e Pupi. Então lá se foram eles correndo para contar a todos, a verdadeira história da páscoa que haviam aprendido.

Versículo João 1: 29 b














A família da mão


A Família da Mão

Polegar, indicador, médio, anelar e mínimo são os nomes dos cinco componentes da família da mão. Como se diz: “ está na cara que são da mesma família”. Todos se dão muito bem e fazem muitas coisas juntos.
No entanto, certo dia, o dedo médio achou que ele era mais importante que os outros dedos. Afinal, era o maior, o do centro e, por isso, pensava que seu trabalho era governar e tomar as decisões por todos.
O dedo indicador não aceitou essa idéia e protestou:
- Jamais o dedo médio poderá ser o nosso governante, isso cabe a mim. Eu, por natureza sou líder! Vejam bem: sou eu quem aponto quando algo não está certo. Numa briga, todos os outros dedos se recolhem e se dobram. Mas eu fico firme, acusando e defendendo.
- Alto lá!- gritou o dedo anelar. Se existe alguém mais importante que os outros, então sou eu. Afinal, é em mim que colocam o famoso anel de ouro, mais conhecido como aliança. Esta honra só pode ser dada ao dedo mais importante.
O dedo polegar também manifestou o seu pensamento:
- A importância de cada um, se julga pela força e vigor. E nisto vocês devem reconhecer que me sobressaio. O agricultor, por exemplo, não consegue segurar o cabo da enxada sem mim.
O dedo mínimo, depois de Ter ouvido seu irmão polegar falou:
- Tamanho não é documento, pois se eu não segurasse a lã para tricotar a as luvas, estariam todos congelados, sem capacidade para nada.
E, assim, a briga estava armada, após muita gritaria, encontraram outra família de dedos e se cumprimentaram com um forte aperto de mão.
Então, reconheceram que todos são importantes, apesar de terem funções e qualidade diferentes. Reconheceram, também, que todos são necessários e que um serve para completar o outro. E para viver em harmonia deve existir igualdade, respeito, amor e compreensão.

Odila Viani Hennig Schwalm
Dica para o Professor: Os Nomes dados aos dedos podem variar de acordo com sua região. São denominados, quer por ordem da parte interna da mão ou do pé (primeiro a quinto), ou no caso do homem, por nomes específicos:
quirodactilo: polegar, dedão, positivo ou mata-piolho.
quirodactilo: indicador, apontador ou fura-bolo.
quirodactilo: dedo médio, dedo do meio, maior-de-todos ou pai-de-todos.
quirodactilo: anelar, anular ou seu-vizinho.
quirodactilo: dedo mínimo, dedinho ou mindinho.




tita, a borboleta vaidosa


Tita, a borboleta vaidosa


Tita era uma lagartinha ainda muito novinha que mal acabara de nascer no ínicio da primavera.
Uma tarde, quando ela passeava sobre uma folhagem do jardim de Batatinha, a filha da dona da casa, ao olhar para uma brilhante gota d'água, Tita levou um garnde susto. No brilho da água ela viu seu rosto como num espelho e, qual não foi a sua surpresa, quando descobriu que era tão feia como ela nunca havia visto igual! ela nunca havia visto uma lagarta em toda a sua vida!

Descrição: http://3.bp.blogspot.com/_MIrUBTVzPU0/SeSriV6zccI/AAAAAAAAAaU/YU0LFOMuvTY/s200/img181.jpg


Tita pôs- se a chorar tanto e tão alto que, se houvesse alguma pessoa passando pelo jardim, poderia ouvi-la soluçar e fungar.
Tita, que já era uma lagartinha pequenina e quietinha, passou a ser ainda mais quieta, mais triste, mais feia e apagada.
No meio daquelas lindas flores no jardim de Batatinha ela se escondia cada vez mais, sempre encorujada e dizendo:
- "Por que eu não nasci uma flor, elas são tão lindas e tão admiradas e eu, uma feia e magricela lagartinh, sem amigos e, o que é pior, sempre verde!"

Descrição: http://2.bp.blogspot.com/_MIrUBTVzPU0/SeSqaX1SHkI/AAAAAAAAAaM/A1Ngi0qdOiA/s200/img180.jpg


Batatinha todos os dias jogava e fresca sobre seu lindo jardim, e as flores cresciam cada vez mais viçosas e cheirosas.

Descrição: http://2.bp.blogspot.com/_MIrUBTVzPU0/SeSqCK63X5I/AAAAAAAAAaE/yIOaXcg4ipc/s200/img179.jpg


Havia uma flor, uma linda margarida que, enquanto tomava banho pensava:
- "Como é boa a Batatinha, é uma pena que ela não possa fazer nada pela pobre Tita."

Descrição: http://4.bp.blogspot.com/_MIrUBTVzPU0/SeSpmavI8mI/AAAAAAAAAZ8/iWDXUWzdgLE/s200/img178.jpg


No meio do jardim havia uma árvore, uma grande árvore e lá no topo, um ninho onde morava um lindo passarinho que cantava, alegrando todas as manhãs.
O passarinho era amigo das flores, das folhagens e das árvores.

Descrição: http://3.bp.blogspot.com/_MIrUBTVzPU0/SeSpDblfHKI/AAAAAAAAAZ0/SJYYyJKQQ94/s200/img176.jpg

Descrição: http://1.bp.blogspot.com/_MIrUBTVzPU0/SeSo7EC6jOI/AAAAAAAAAZs/MIVbMAhAISI/s200/img177.jpg


Enquanto sobrevoava o canteiro das flores, viu tão escondidinha e tão chorosa, a lagartinha Tita deitada sobre uma folha. Então o passarinho resolveu pousar e ter com Tita uma longa conversa:
- Que coisa feia, você uma lagartinha, chorando desse jeito! Distraída assim, qualquer hora alguém esbarra em você e adeus, lagartinha!
Tita respondeu com lágrimas nos olhos:
- Você fala assim porque sabe que é um lindo passarinho, grande e, que acima de tudo, sabe voar. Por isso conhece todo mundo e é admirado por todos, mas eu não passo de uma minhoca desajeitada, magricela e feiúda...

Descrição: http://2.bp.blogspot.com/_MIrUBTVzPU0/SeSnxem2-DI/AAAAAAAAAZk/mstepRb7AG0/s200/img175.jpg


Chamou-a num canto e disse bem baixinho em seu ouvido para que ninguém escutasse:
- Você é uma lagartinha privilegiada, todos as lagartas são privilegiadas porque depois de algum tempo sendo feias, magricelas e verdes, voc~es sofrem uma grande mudança e se tornam belas e coloridas borboletas. Isso é a natureza, cheia de segredos e surpresas na primavera!
E o passarinho deu a chorona Tita uma grande lição:
- Temos que ser felizes e agradecidos por sermos o que somos simplesmente, pois a natureza nos reserva lindas surpresas. Foi o próprio Deus quem nos criou.A pobre Tita não conhecia o seu destino, nunca ninguém tinha lhe contado que de lagartinha ela passaria a ser borboleta. E disse mais:
- Não sei quando tudo vai acontecer, mas tenha paciência que esse dia vai chegar e tudo vai ser muito bom.

Descrição: http://3.bp.blogspot.com/_MIrUBTVzPU0/SeSmEx4940I/AAAAAAAAAZc/TToyXJgJVEQ/s200/img174.jpg


E desse dia em diante, Tita passou a pensar muito naquilo que o passarinho lhe havia falado.
- Eu posso ser feliz assim como eu sou. Até que para uma lagarta verde, eu sou até simpática.
Tita já não olhava para si com pena do que via. Agora, quando olhava sua imagem refletida numa gota de chuva, pensava:
- Sorte a minha ser uma lagartinha, pelo menos eu posso andar e passear sobre as folhas, contemplar as lindas flores e esperar com alegria o dia de amanhã.

Descrição: http://4.bp.blogspot.com/_MIrUBTVzPU0/SeSlCaBAAdI/AAAAAAAAAZU/q0WFsozzBlU/s200/img173.jpg


E numa manhã Tita levantou-se diferente, não sabia porque, mas sentia vontade de voar. Olhou para os lados e viu lindas, grandes e coloridas asas que tinha feito antes, saiu voando sobre as flores do jardim de Batatinha.

Descrição: http://2.bp.blogspot.com/_MIrUBTVzPU0/SeSkcyK86JI/AAAAAAAAAZM/hH4Z3-IDEaw/s200/img172.jpg


Tinha chegado hora de Tita, ela agora era uma borboleta exatamente como o passarinho lhe havia dito.
Então, a triste e chorona Tita passou a ser a mais linda e alegre borboleta de todo jardim, porque acreditou, porque esperou e alcançou uma felicidade ainda maior que a que possuía, mesmo como lagartinha.
Assim somos nós, às vezes tristes, às vezes feios, mas Deus nos prometeu uma coisa que eu vou contar agora para vocês:
Ele prometeu que nos transformaria, que tiraria todo o pecado da gente que nos faz ficar feios e tristes, para fazer lindos, felizes e livres como ficou a lagartinha Tita. Tudo isto pode acontecer aqui mesmo, agora.
“Assim que, se alguém, está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (II Corintios 5:17).
“Eis que vos digo um mistério: na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados” (I Corintios 15:51-52).

Se você quiser ter a mesma experiência que Tita teve, escute o conselho de Jesus como Tita ouviu o conselho do passarinho. Espere, confie nEle e então, talvez numa manhã como aquela, você acorde diferente.
Quando olhar para você mesmo vai ver uma outra pessoa, aquela que Deus quis que você fosse, bem mais bonita e bem mais feliz, como Tita, a lagartinha que virou uma linda borboleta.












O caramujinho e o mar


O caramujinho e o mar











A casa na rocha



A casa na rocha










Jesus disse: "Quem ouve a Palavra de Deus, mas não a pratica, se parece com o homem que construiu a sua casa sobre a areia". Lucas 6: 49